Paulo Pezzolano critica arbitragem em jogo do Cruzeiro

O Cruzeiro recebeu neste domingo (20) o Villa Nova na Arena Independência, em partida válida pela oitava rodada do Campeonato Mineiro. Com inovações na escalação, e dificuldades ao longo da partida, a Raposa e o time do Nova Lima ficaram no empate por 2×2.

O técnico do Cruzeiro, Paulo Pezzolano, que foi expulso, ao final do jogo, fez duras críticas para a arbitragem.

“Vejo coisas estranhas. Eu estou todo jogo falando com os jogadores, mas parece que estou falando com os árbitros. Levanto os braços, fico bravo com meu jogador e tem um quarto árbitro do nosso lado vendo tudo, se piso dentro da linha, fora da linha. Fica difícil trabalhar assim. Eles têm que melhorar e preocupar menos com o técnico.

Eu levantei o braço para o jogador e eles acharam que era para eles. Depois do amarelo, fiquei bravo porque já estava fora do próximo jogo. Eu sou um cara muito intenso, mas nunca falta respeito. Eles ficam 98 minutos olhando o que fazemos. É impossível trabalhar assim. Você fica louco quando vê que no segundo gol era um escanteio para gente. É bravo”.

Por consequência do cartão vermelho, o treinador desfalca sua equipe no clássico contra o Atlético-MG, pela nona rodada do Campeonato Mineiro.

“Não tem problema. Temos uma comissão técnica que vai muito bem, trabalhamos em equipe. Não vai ter problema. Vamos estar juntos e vamos olhar para frente”, relatou o Uruguaio.

Cruzeiro x Villa Nova

A respeito da partida, apesar do empate, Paulo Pezzolano elogiou a forma com que sua equipe jogou.

“Hoje foi um jogo que vi melhor o time. No primeiro tempo, rodamos a bola, tivemos paciência para buscar os espaços. A torcida fica intensa, porque quer que joguemos para frente, mas a gente faz esse trabalho para ter um espaço mais aberto para ficar com melhores oportunidades de gol. Fiquei muito contente com os meninos que jogaram, fizeram muito bem, eles tem qualidade para jogar e vão seguir crescendo”.

Este foi o primeiro empate do Cruzeiro na temporada de 2022, o clube agora soma 19 pontos na liderança do estadual, um a mais que seu rival Atlético-MG, que possui 1 jogo a meno. Ao todo, em oito jogos, são 6 vitórias, um empate e uma única derrota para o América, que foi marcada pela arbitragem polêmica. Na ocasião, o atacante Edu teve um gol mal anulado, que mudou o rumo do clássico.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.