Paulo Pezzolano abre o jogo sobre estratégia do Cruzeiro para a final do Campeonato Mineiro 2022

Ronaldo Fenômeno anunciou a compra de 90% das ações do Cruzeiro no dia 18 de dezembro de 2021, pelo montante total de R$ 400 milhões. A Raposa é o primeiro clube-empresa no Brasil a usar o modelo Sociedade Anônima do Futebol (SAF), desde que foi aprovado pelo Congresso Federal no ano passado.

Após a compra da SAF, a equipe mineira segue em ótima fase na temporada 2022. O clube é finalista do Campeonato Mineiro 2022, após ficar de fora das últimas duas decisões do estadual. Além disso, o elenco celeste passou com tranquilidade pelas primeiras fases da Copa do Brasil, e agora se prepara para a terceira fase.

Responsável pelo comando da equipe, o treinador Paulo Pezzolano revelou sobre como o Cruzeiro deve entrar em campo no sábado, para enfrentar o Atlético-MG pela final do Campeonato Mineiro.

“Vamos jogar a final, seja com quem seja, teremos esse time que vimos aqui, intenso e com muita fome. Sempre quero que a equipe evolua, aí estaremos perto de ganhar. Nunca falo para o jogador ganhar, falo para melhorar. É uma confiança de seguir no caminho certo. Fazer melhor, porque os rivais sabemos como jogamos, o que fazemos. Temos que jogar perfilados, mais rápidos, ter vantagem na disputa da bola.”

Paulo Pezzolano Julgado

No domingo, dia 6 de março, o Mineirão recebeu mais um clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro. Mandante deste ano, o Galo saiu vencedor por um placar de 2×1, após virada com pênalti polêmico a seu favor, e um gol nos acréscimos de Ademir, reforço do time para a temporada.

O treinador do Cruzeiro, Paulo Pezzolano, será julgado por confusão com o árbitro Igor Junio Benevenuto, responsável pelo comando do confronto. Contestado pelo pênalti marcado, o árbitro, revelou xingamentos do técnico uruguaio. O comandante do Cruzeiro inclusive não pode estar na beira do campo, pois já estava suspenso para a partida.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.