Para evitar Série B, time abre os cofres e oferece R$ 2 milhões mensais a Alexis Sánchez

O atacante Alexis Sánchez, da Seleção do Chile e que deixou a Inter de Milão, da Itália, ao final da última temporada, pode pintar no futebol brasileiro para evitar novo rebaixamento a Série B de equipe importante do Brasil. Na zona de rebaixamento do Brasileirão, o Grêmio está sondando a situação do jogador chileno, oferecendo salário de R$ 2 milhões.

Em primeiro ofensiva realizada pela direção gaúcha, Sánchez recusou a proposta, já que não pretende atuar no Brasil neste momento da carreira. O jogador de 35 anos entende que ainda tem mercado na Europa e as conversas devem continuar nos próximos dias.

Alexis Sánchez poderia chegar ao Grêmio apenas por salários e luvas. O jogador é visto pela direção do Grêmio como uma oportunidade de repetir o feito com Luis Suárez, que gerou impacto imediato dentro de campo e nas finanças do clube. Sánchez já teve o seu nome ligado ao Cruzeiro em outras janelas de contratações, mas a vontade do atacante sempre foi permanecer na Europa.

Contando com grandes aportes de Pedro Lourenço, o Cruzeiro teria condições de entrar em uma negociação com Sánchez e oferecer valores superiores aos do Grêmio, mas a direção celeste investiu em outros jogadores e optou por não apostar na negociação.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro venceu o Corinthians por 3 a 0, no Mineirão, neste domingo (7), pela décima quinta rodada, com gols de Matheus Pereira, Álvaro Barreal e Gabriel Verón. A Raposa volta a campo na quarta (10), contra o Grêmio, às 18h30.

Comentários estão fechados.