O ano mal começou e Cruzeiro já tem data para perder o Mineirão novamente

A temporada do ano passado ficou marcada por uma relação conflituosa entre Cruzeiro e Mineirão. Basta lembrar que a equipe celeste deixou de mandar suas partidas no Gigante da Pampulha na primeira parte da Série A do Brasileirão. No entanto, um novo acordo foi costurado para 2024. 

Tanto assim que o Mineirão tem sido a casa do Cruzeiro nesta temporada. Acontece que o clube mineiro foi avisado e já tem data para perder o Gigante da Pampulha mais uma vez. 

Cruzeiro é avisado e se prepara para perder o Mineirão

Isso porque o duelo entre Cruzeiro e Unión La Calera, marcado para o dia 16 de maio, pela 5ª rodada da fase de grupos da Sul-Americana, não poderá ser disputado no Mineirão. O estádio receberá um show de grande porte no dia seguinte do tenor italiano Andrea Bocelli. 

De acordo com o regulamento da Sul-Americana, o estádio deverá ficar por conta da organização da Conmebol por cinco dias (três antes da partida e um dia após o jogo). Como o show acontecerá no dia 17 de maio, o duelo não poderá ser no Mineirão. 

Destaca-se que, no momento, o Independência é o favorito para receber o duelo da Sul-Americana. No entanto, para isso, é preciso que o América-MG, administrador do estádio, não tenha jogo da Série B do Brasileirão marcado para o local, respeitando a regra da Conmebol citada no parágrafo anterior. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda em tempo, não custa dizer que a finalíssima do Campeonato Mineiro está mais do que confirmada no Mineirão. O Cruzeiro enfrentará o Atlético-MG no dia 30 de março, pelo jogo de ida, na Arena MRV. A volta, por sua vez, acontecerá em 7 de abril, no Gigante da Pampulha. Ambos os jogos com torcida única.

Comentários estão fechados.