Novo reforço do Cruzeiro quer time de volta na Série A

Ronaldo Fenômeno anunciou a compra de 90% das ações do Cruzeiro no dia 18 de dezembro de 2021, pelo montante total de R$ 400 milhões. A Raposa é o primeiro clube-empresa no Brasil a usar o modelo Sociedade Anônima do Futebol (SAF), desde que foi aprovado pelo Congresso Federal no ano passado.

Após a aquisição do jogador, o elenco, comandado pelo novo técnico Paulo Pezzolano, já demonstra resultados positivos. A equipe está na terceira fase da Copa do Brasil 2022, e chegou na final do Campeonato Mineiro após 2 anos de fora da decisão.

Para seguir com o plantel competitivo, Ronaldo e o treinador uruguaio seguem em busca de reforços para o restante da temporada 2022. Desta vez, o nome já fechado com a Raposa é o de Luvannor Henrique.

O atacante de 31 anos é de nacionalidade brasileira, mas fez sua carreira no cenário europeu. Luvannor conta com passagem por clubes da Europa e dos Emirados Árabes Unidos. Em entrevista exclusiva para a Rádio Itataia, o experiente jogador falou sobre a expectativa para a temporada com o Cruzeiro.

“Tem aquela possibilidade sim, tivemos conversando. Espero que possa ser oficializado, porque estou muito feliz com esse desafio para mim. Gostei muito do projeto e estou à disposição. É um dos grandes desafios, com certeza, que se chegar a oficializar, eu vou enfrentar. Com certeza eu estarei preparado. Recentemente, muita coincidência, tive uma experiência parecida no Sheriff, agora no playoff da Champions (League), levamos o Sheriff até a fase de grupo da Champions.

Tendo essa oportunidade agora, começo a lembrar o momento que vivemos ali. Gosto de desafios, minha carreira foi feita toda cheia de desafios, e com certeza estarei preparado para mais um, que é levar o Cruzeiro de volta à elite do futebol brasileiro”

Cruzeiro e os Transfer-Ban

O Cruzeiro atualmente sofre com dois Transfer-Ban, e não pode reforçar seu elenco para a segunda divisão. Confira abaixo a situação das duas punições:

  • Kunty Caicedo
    O clube agora está impossibilitado de registrar atletas por consequência do não pagamento de uma dívida relacionada ao Independiente Del Valle, pela contratação do zagueiro Kunty Caicedo, ainda em 2017.

    O Cruzeiro fechou acordo em 2020 para o pagamento da dívida em 18 parcelas de R$ 625 mil. No entanto, desde o anúncio do acordo e janeiro de 2022, apenas duas parcelas foram debitadas pelo clube mineiro. Este é o segundo transfer-ban em vigor como punição ao elenco celeste.
  • Careca
    A Justiça do Acre determinou a punição ao clube mineiro nesta quinta-feira, 17 de março, devido ao não pagamento de R$900 mil ao Atlético-AC pelo empréstimo do atacante Careca. A 4ª Vara Cível de Rio Branco ainda determinou a multa de R$ 10 mil para o caso de a Raposa não cumprir com a sentença. A punição permanecerá sobre o Cruzeiro durante o período de seis meses.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.