Novo reforço do Atlético-MG já virou piada na torcida do Cruzeiro

Contratação dada como certa, o novo atacante do Atlético-MG é um antigo caso de graça entre os cruzeirenses. Trata-se do jovem Pedrinho, ex-Corinthians, que atualmente pertence ao Shakhtar, da Ucrânia. Ele virá por empréstimo até junho de 2023. O clube mineiro arcará com os salários até o fim do contrato.

Ao que tudo indica, os ucranianos não querem uma negociação definitiva, mas estão com medo de perder o jogador “de graça”, caso a Fifa intervenha na situação de estrangeiros que joguem por times da Ucrânia ou da Rússia, tendo em vista o conflito bélico instalado na região.

O meme é eterno. Relembre o lance

O ano era 2018, final da Copa do Brasil. Jogo de volta na Neo Química Arena. O Cruzeiro havia vencido o confronto de ida no Mineirão por 1 a 0. A partida já estava na segunda metade da etapa final, a Raposa estava na frente com um gol de vantagem. 

Eis o cenário de momento. O atacante Pedrinho, que tinha acabado de sair do banco de reservas, anotou um belo gol de fora da área aos 24 minutos do segundo tempo. Em êxtase, o jogador celebrou o tento que daria o título ao Corinthians. 

Mas o árbitro de vídeo viu uma falta de Jadson no zagueiro Dedé no lance que originou o gol corinthiano, chamou o juiz de campo e o gol foi anulado. 

Aos 37 minutos da etapa final, De Arrascaeta aproveitou um bom passe do atacante Raniel em um contra-ataque mortal e encobriu o goleiro Cássio. Golaço. Este validado pelo juiz, o que garantiu o hexacampeonato para a Raposa. 

Com um placar agregado de 3 a 1, o Cruzeiro, sob o comando de Mano Menezes, fez história naquele ano ao conquistar duas vezes seguidas a Copa do Brasil. 

Outro fato interessante que deve aqui ser mencionado é que o meia Arrascaeta viajou mais de 25 horas na véspera da partida para entrar em campo. O jogador estava na Ásia, servindo a seleção uruguaia. 

Em campo, o atleta atuou por pouco mais de 30 minutos em Itaquera, o suficiente para anotar um golaço e ser o herói do título celeste. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.