Nikão deu declaração deprimente sobre o Cruzeiro aos torcedores

Nikão chegou ao Cruzeiro no início da temporada e logo assumiu a camisa 10. No entanto, o meia não rendeu o esperado e, na verdade, tornou-se apenas uma opção no banco. Aliás, na última partida, derrota para o Internacional por 2 a 1, no Mineirão, o jogador foi acionado no segundo tempo, mas não conseguiu mudar o rumo do jogo. 

Com a derrota, o Cruzeiro ficou apenas a dois pontos do Goiás, primeiro time dentro do Z-4. É verdade que a Raposa tem um jogo a menos, mas a situação não é menos preocupante por esta razão. 

Nikão traz à tona triste realidade do Cruzeiro

Tanto assim que, após a partida, Nikão concedeu uma entrevista reveladora. Na zona mista do Mineirão, o meia não escondeu que, internamente, o Cruzeiro trabalha com o único objetivo de alcançar a pontuação necessária para evitar o rebaixamento. 

“A gente batalhou, lutou. O Bruno (Rodrigues) fez um gol de pênalti, tivemos outras oportunidades de fazer o gol. A gente precisa fazer um pouco mais, melhorar mais, a gente sabe que o campeonato é difícil. Temos que levantar a cabeça. Temos sete jogos, a gente precisa alcançar a pontuação que a gente precisa”, disse. 

Como mencionado, o Cruzeiro tem 37 pontos até aqui. De acordo com o Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais, 46 pontos praticamente asseguram o time na elite nacional. Ou seja, a Raposa precisa vencer, pelo menos, três jogos nesta reta final de Campeonato Brasileiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Inclusive, não custa dizer que o Cruzeiro fará exatamente três partidas contra adversários diretos. No sábado (11), a Raposa enfrentará, fora de casa, o vice-lanterna Coritiba. Depois, no dia 18 de novembro, o time mineiro visitará o Fortaleza

Na sequência, o Cruzeiro receberá, no Mineirão, o Vasco, no dia 22 deste mês. Por fim, irá enfrentar o Goiás, fora de casa, em 28 de novembro. Ambos adversários estão na luta para escapar do rebaixamento.

Comentários estão fechados.