Neymar elogia técnico que humilhou o Cruzeiro na Copa do Brasil

Foram dois jogos entre Cruzeiro e Fluminense pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Em ambos os confrontos, o time comandado por Fernando Diniz foi superior. Em 23 de junho, na primeira partida, apesar da vitória magra por 2 a 1, o Tricolor teve amplo domínio em campo. Na volta, no Mineirão, o clube carioca fez 3 a 0 em um jogo, pasmem, mais equilibrado. 

Após a segunda partida, realizada na última terça-feira (12), o estilo de jogo do técnico do Tricolor, que ficou conhecido como ‘dinizismo’, e divide opiniões, ganhou um novo adepto, diga-se, de peso.

Trata-se do craque Neymar, que, através de suas redes sociais, elogiou o trabalho do profissional e alfinetou a conduta futebolística brasileira. “Gosto muito do Diniz como treinador, uma pena que no Brasil não dão tempo suficiente”, escreveu o jogador.

Diniz é menosprezado?

Dono de um estilo de jogo muito bem definido, com posse de bola, aproximação, passes e triangulações, Fernando Diniz vive uma ótima fase no comando do Fluminense. Com a vitória diante do Cruzeiro, o Tricolor chegou a seis triunfos consecutivos, e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. 

A equipe irá enfrentar o São Paulo neste domingo (17), às 16h, no Morumbi. No Brasileirão, o time comandado por Diniz também segue na disputa pelo título. Hoje, o Fluminense ocupa a quinta posição, com 27 pontos, três a menos do que o líder Palmeiras.

Na próxima rodada, o Fluminense tem a chance de assumir a liderança, embora dependa de uma série de resultados favoráveis. Mas, para fazer contas, é preciso vencer o São Paulo fora de casa, o que nunca será uma tarefa simples. 

Fernando Diniz despontou no futebol brasileiro em 2016, quando levou o Audax à final do Campeonato Paulista daquele ano – vencido pelo Santos. O técnico logo se destacou pelo seu estilo de jogo arrojado e estudioso. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.