Menin precisou intervir para acalmar os ânimos de Atleticanos contra Felipão

O Atlético-MG não está tendo dias fáceis neste começo de março, vem sendo pressionado pelos torcedores, que querem a saída de Felipão e precisou da intervenção do mecenas Rubens Menin para acalmar os ânimos no clube. A torcida perdeu a paciência com o treinador e exige a sua saída. A crise começou após a derrota por 2 a 0 contra o Cruzeiro na Arena MRV.

Em entrevista ao portal No Ataque, Menin fez análise do trabalho de Felipão no Galo e pediu paciência aos torcedores atleticanos. O treinador está no clube desde junho de 2023 e assumiu vaga deixada por Eduardo Coudet, que está no Internacional.

“Esse negócio de técnico é interessante. O Felipão já provou que ele é bom. Você vê o desempenho do Atlético no segundo turno do Brasileiro… Ele conhece de futebol. Agora, o ambiente tem que estar bom. A gente também não pode querer mudar tudo a toda hora, e nem a torcida ficar pegando muito no pé, porque aí chateia… Se bobear, ele é um cara independente, vai embora”, analisou o mecenas, levantando a bola do treinador pelo trabalho no segundo turno do Brasileirão de 2023.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Ainda na declaração, o dirigente pediu apoio dos torcedores, diminuindo as críticas para cima do treinador.

“Eu acho que nós temos que apoiar. Se um dia ele achar, a gente achar que não está certo, tudo bem. Isso acontece no futebol. Mas o momento agora não é esse. O momento é de apoio e torcer para que o time entre em campo bem. Temos o Campeonato Mineiro para a gente lutar. Vamos ver se a gente ganha”, acrescentou Menin.

Comentários estão fechados.