Meia revela retorno em breve ao Cruzeiro e empolga torcida

Uma perda significativamente dolorosa assolou o Cruzeiro na última terça-feira, 12 de julho. Não se trata, no entanto, da derrota para o Fluminense, por 3 a 0, no Mineirão, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Mas, sim, o que aconteceu durante a partida

Aos seis minutos da primeira etapa, o volante Willian Oliveira precisou deixar o campo do Gigante da Pampulha, após um lance em que, supostamente, teria deslocado o ombro direito. Por sorte, não foi uma lesão tão grave, mas o atleta foi diagnosticado com uma luxação e será desfalque da equipe mineira nos próximos jogos. 

Quando Oliveira volta? 

Através de uma publicação em suas redes sociais, Willian Oliveira agradeceu o apoio da torcida e, em certa medida, tranquilizou os cruzeirenses. Um alento para os torcedores da Raposa, e também para Pezzolano, é que o volante não precisará passar por cirurgia. 

“Na terça feira, acabei caindo de mal jeito e machucando o ombro quando fui bloquear um chute, faz parte não me arrependo eu faria tudo de novo”, publicou o jogador. No lance, ainda nos primeiros minutos de jogo, Oliveira foi imprescindível para a Raposa duas vezes. 

Primeiramente, ao bloquear, com a barriga, um chute na entrada da área. Depois, o volante se atirou na frente da bola para impedir que o rebote fosse arremessado ao gol celeste. No ato da queda, sem o apoio das mãos (talvez para evitar um pênalti), o jogador caiu diretamente com o ombro direito no gramado. 

“Seguimos, que Jesus abençoe a minha recuperação. Obrigado por todas mensagens de preocupação e de apoio, daqui uns dias estarei de volta em nome de Jesus”, finalizou Willian Oliveira. 

O departamento médico do Cruzeiro, no entanto, ainda não informou qual a previsão de volta do atleta. Contratado pelo Raposa nesta temporada, Willian Oliveira já vestiu a camisa celeste em 31 oportunidades, sendo um dos titulares absolutos de Pezzolano. 

Para os próximos compromissos do Cruzeiro, a começar com o Novorizontino neste domingo, às 16h, no Mineirão, o treinador uruguaio deve escolher entre Felipe Machado e Adriano para formar dupla com Neto Moura. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.