Matheus Pereira deu a declaração mais forte do elenco após empate na Sul-Americana

O meia Matheus Pereira, que vem sendo um dos líderes do elenco do Cruzeiro, não quis saber de ficar calado e deu declaração forte após mais um vexame na temporada. Desta vez aconteceu depois que o Cabuloso abriu 3 a 0 em 20 minutos contra o fraco Alianza e cedeu o empate, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana.

Transtornado com o péssimo resultado, Matheus Pereira afirmou que os jogadores do Cruzeiro precisam tomar vergonha na cara para dar a volta por cima. Depois de ser eliminado na primeira fase da Copa do Brasil e perder o título estadual depois de ter grande vantagem, a equipe cedeu empate no Mineirão para equipe fundada em 2024 que mal tem torcida e nível técnico bem abaixo.

“Depois de uma final que perdemos, tivemos uma semana complicada com a demissão do treinador. A gente estava controlando o resultado. Precisamos começar a tomar vergonha na cara e prestar atenção nos detalhes, na bola parada. Sofremos três gols bobos, por erros nossos (…). O momento agora é de todo mundo ficar junto, corrigir os erros que estamos cometendo e seguir em frente”, disse o meia.

Ainda na declaração, o jogador comentou da importância do elenco do Cruzeiro em dar a volta por cima contra os resultados negativos. A equipe já estreia no Brasileirão no próximo domingo (14), contra o Botafogo, no Mineirão, às 17 horas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“A força tem que existir a partir de amanhã. O momento é caótico, a gente sabe que é difícil, uma semana muito turbulenta. Mas o jogador tem que estar habituado a isso. Tem dia que vai estar bom, outro dia estará ruim. Agora é a hora de a gente assumir a responsabilidade e jogar com mais determinação e encarar os jogos com mais seriedade durante os 90 minutos”, acrescentou.

Comentários estão fechados.