Marta não se cala após Cruzeiro ser vice da Supercopa Feminina

A jogadora Marta, sete vezes melhor do mundo pela FIFA, não se calou após o Cruzeiro perder para o Corinthians no último domingo (18) por 1 a 0 e ficar com o vice da Supercopa Feminina, que aconteceu na NeoQuímica Arena, em São Paulo. Atualmente com 38 anos, Marta está jogando pelo Orlando Pride, dos Estados Unidos.

Em declaração pelas redes sociais, Marta ironizou a CBF após a renda da partida ser maior que a premiação paga aos dois clubes. Com presença de 33.424 torcedores, a renda bruta da partida foi de R$ 750.268,20, contra R$ 700 mil em premiações ao clube campeão, sendo R$ 600 mil ao Corinthians e R$ 400 mil ao Cruzeiro.

“Que jogão. Ninguém assiste, não é mesmo? Isso é futebol feminino”, ironizou Marta. Renda maior que a premiação”, criticou a experiente jogadores, que vem brigando ano após ano por melhores condições da categoria.

Para 2024, a CBF aumentou em 25% a premiação das equipes, passando de 500 mil ao vencedor e R$ 300 mil ao segundo colocado em 2023, contra R$ 600 mil e R$ 400 mil ao vice. Na primeira edição do torneio, em 2022, não houve premiações. O Corinthians foi campeão das três edições.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cruzeiro de olho na Copa do Brasil

O Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira (21), contra o Sousa-PB, no estádio Antonio Mariz, pela primeira fase da Copa do Brasil, às 19h15, com transmissão do SporTV e Premiere. O Cabuloso tem a vantagem de jogar pelo empate para garantir a classificação.

Comentários estão fechados.