Marlon não se escondeu após expulsão e deu explicações

O Cruzeiro entrou em campo no último domingo (2) para encarar o São Paulo, no Morumbis, em jogo válido pela sétima rodada da Série A do Brasileirão. A partida terminou com vitória do Tricolor por 2 a 0 e ficou marcada pelo lance de expulsão do lateral-esquerdo Marlon, ainda no primeiro tempo. 

O São Paulo saiu na frente no placar logo no início de jogo, com gol do meio-campista Lucas Moura. No entanto, após o tento, o Cruzeiro cresceu de produção e era melhor em campo até a expulsão de Marlon. Com um a menos, o time precisou refazer os planos.

Marlon abre o jogo e comenta sobre expulsão

Grosso modo, pode-se dizer que o Cruzeiro seguiu bem em campo e, mesmo com a desvantagem, foi a equipe que mais criou na reta final do primeiro tempo. Acontece que, no início do segundo tempo, o time mineiro sofreu mais um gol e, dessa vez, se perdeu em campo. 

Após a partida, Marlon, que será desfalque na rodada seguinte, comentou sobre o lance de expulsão e fez questão de ressaltar que houve justiça por parte do árbitro. O lateral recebeu cartão vermelho direto aos 38 minutos do primeiro tempo, depois de falta no atacante Calleri. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Cara, antes de começar tudo eu já digo que a expulsão é justa. Infelizmente, foi um erro de cálculo no meu ali, acabou machucando o jogador ali numa entrada muito forte”, disse, na zona mista do MorumBis.

Em seguida, Marlon afirmou que pediu desculpas aos companheiros de equipe no vestiário, já que a sua expulsão foi crucial para o resultado da partida. O Cruzeiro vinha embalado em uma sequência de cinco vitórias consecutivas. A próxima partida será na quinta-feira da semana que vem, 13 de junho, às 19h, em casa, contra o Cuiabá. 

Comentários estão fechados.