Magnata brasileiro liberou quase R$ 200 milhões para o Cruzeiro investir em novos reforços

O Cruzeiro deixou os anos de vacas magras no passando, disputando a Série B por três temporadas seguidas e contratando jogadores de graça no mercado. Vivendo novo momento, a Raposa está sob gestão do magnata Pedro Lourenço, que em pouco mais de dois meses injetou quase R$ 200 milhões investir em novos reforços.

Fanático pelo Cruzeiro, Pedro Lourenço assumiu a gestão do clube no lugar de Ronaldo Fenômeno. O empresário bilionário fez promessa que iria investir pesado no elenco e está cumprindo. Com sete nomes contratados e dois comprados, a Raposa pagou R$ 173 milhões nas peças, que com metas estipuladas em contrato pode superar a marca dos R$ 200 milhões.

O Cruzeiro chegou a R$ 173,55 milhões gastos em contratações. Em dois meses da nova gestão, o Cruzeiro contratou o goleiro Cássio, o zagueiro Jonathan Jesus, os volantes Fabrizio Peralta, Matheus Henrique e Walace, além dos atacantes Kaio Jorge e Lautaro Diaz, além de ter adquirido os direitos de João Marcelo e Matheus Pereira, que estavam atuando por empréstimo.

Soma dos gastos com reforços

  • Kaio Jorge: R$ 23 milhões a R$ 41,5 milhões
  • Lautaro Díaz: R$ 16 milhões
  • Matheus Pereira: R$ 34,5 milhões
  • João Marcelo: R$ 6 milhões
  • Fabrizio Peralta: R$ 16 milhões
  • Jonathan Jesus: 8,25 milhões
  • Matheus Henrique: R$ 34,9 milhões a R$ 49,4 milhões
  • Walace: R$ 34,9 milhões a R$ 40,7 milhões

Total: R$ 173,55 milhões, podendo chegar a R$ 212,35 milhões

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Com aportes obrigatórios em contrato, o Cruzeiro não vai mais contratar em 2024. Em entrevista recente, Alexandre Mattos, CEO da SAF, revelou que o clube não tem mais caixa para trazer novos jogadores.

Comentários estão fechados.