Leila Pereira ataca de Florentino Pérez para fazer contratação histórica no Brasil

Não seria exagero dizer que Leila Pereira é uma das personalidades mais fortes e importantes do futebol brasileiro. Durante os anos do seus mandatos no Palmeiras, o clube paulista conquistou protagonismo no cenário nacional e Sul-Americano. Agora, o Alviverde está envolvido em uma das contratações que seria capaz de parar o Brasil: Gabigol.

Afinal de contas, em caso de um desfecho positivo, o Palmeiras, além de se reforçar, iria desfalcar o seu maior adversário do Brasil atualmente, o Flamengo. Não à toa, trata-se de uma negociação delicada. De antemão, vale lembrar que o atacante tem contrato assinado até dezembro. 

Do lado do Palmeiras, a estratégia adotada é de dar tempo ao tempo. Isso porque o clube não quer gastar um caminhão de dinheiro para tirar um jogador que está a seis meses do fim do seu contrato. Por outro lado, o Flamengo afirmou que, caso não receba uma recompensa, só irá liberar Gabigol no ano que vem. Este, na verdade, seria o pior cenário. 

Florentino Pérez mostrou o caminho das pedras a Leila Pereira

Como mencionado, uma eventual ida de Gabigol ao Palmeiras seria um choque para o Brasil. Afinal de contas, se não são rivais históricos, os dois clubes disputam pela soberania no país há alguns anos. 

Fato bastante parecido com o que aconteceu no Real Madrid, presidido por Florentino Pérez. Em 2000, o mandatário tirou Luís Figo do Barcelona, no então auge da carreira do português.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No dia 24 de julho de 2020, o Real Madrid anunciou a contratação de Figo por 60 milhões de euros, o que foi a transferência mais cara da história na ocasião, e, como se não bastasse, uma das mais polêmicas. 

Florentino Pérez era candidato ao cargo de presidente do Real Madrid em 2020, quando, em uma fala um tanto quanto eleitoreira, garantiu com autoridade: “Se eu for eleito, Figo jogará no Real na próxima temporada”. No dia 17 de julho, ele foi confirmado como novo presidente do clube e, uma semana depois, cumpriu com sua palavra. 

Comentários estão fechados.