Lei do Ex? Ituano possui ex-jogadores da Raposa no elenco titular

Após o término da 16ª rodada da Série B do Brasileiro, o Cruzeiro se consolidou na liderança do campeonato, com larga vantagem para o segundo colocado e uma distância confortável para o primeiro time fora da zona de acesso. A saber, a Raposa tem 14 pontos de frente para o Criciúma, quinto na tabela. E todo este cenário com um jogo a menos. 

O Cruzeiro entrará em campo nesta terça-feira (05), às 19h, para encarar o Ituano, em Itu, no jogo adiado da 14ª rodada da Série B. Quando a bola rolar, a Raposa terá que lutar contra o obstáculo sob a forma da realidade, isto é, os 11 jogadores em campo, e também sob a forma da superstição: a Lei do Ex.

Do outro lado do campo

Certamente, um jogo atípico para o Cruzeiro. Não só pelo fato de preencher uma rodada que há muito foi concluída, mas por reencontrar no atual elenco do Ituano antigos aliados e também quem já foi um arqui-inimigo. 

No time do Ituano, são dois os candidatos à Lei do Ex: o zagueiro Léo Santos e o veterano meio-campista Gérson Magrão. O primeiro deles atuou no Cruzeiro na temporada passada, emprestado pelo time do interior paulista. Ao todo, fez apenas 12 partidas e marcou dois gols.

Gérson Magrão, por sua vez, tem um vínculo mais profundo com o clube. Revelado na base celeste, onde atuou dos 15 aos 18 anos, passou por alguns times antes de voltar ao Cruzeiro em 2008. 

Mas foi no ano seguinte o seu grande destaque. Magrão era titular da equipe que acabaria vice-campeã da Libertadores. Pouco depois, Gérson acabou vendido ao futebol ucraniano. Em um ano e meio na Toca, foram 54 jogos e cinco gols.

Se o Cruzeiro vencer o Ituano nesta terça-feira garantirá o “título” de campeão do primeiro turno de forma antecipada com 40 pontos, não podendo mais ser superado pelo Vasco, segundo colocado na tabela. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.