Larcamón não deu certo e foi demitido após fracasso na estreia

O técnico Nicolás Larcamón, atualmente no Cruzeiro, foi contratado no final de dezembro e está trabalhando na Toca da Raposa desde o o começo de janeiro em período de pré-temporada. Aos 39 anos, o treinador foi demitido do León, do México, após fracassar na estreia do Mundial de Clubes, quando foi eliminado nas oitavas de final.

Larcamón foi desligado do cargo horas depois de perder para o Urawa Red, do Japão, por 1 a 0. Pelas redes sociais, o León disse sentir vergonha da alimentação. “Nos sentimos envergonhados pela forma como estamos saindo do torneio mais importante da nossa história”, escreveu o clube. Foram 23 vitórias, 12 empates e 16 derrotas em 51 partidas, desempenho que agradou o Cabuloso.

Em entrevista, dirigente do León explicou que foi difícil demitir o treinador, que vinha comandando um projeto de sucesso do clube. “É uma decisão muito dolorosa para a instituição porque corta um projeto no qual tínhamos grandes esperanças. Agradecemos a Nicolás e sua comissão técnica por nos ter trazido até aqui como campeões da Concacaf, não esqueceremos.”, afirmou.

Agora no Cruzeiro, Larcamón está trabalhando na Toca há duas semanas de olho nas quatro competições que vai disputar em 2024. Até o momento o clube vem trabalhando nos bastidores para qualificar o elenco e já anunciou seis jogadores. Dos recém chegados, apenas Gabriel Verón está a disposição do técnico.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A estreia do Cabuloso na temporada acontece no dia 24 de janeiro, contra o Vila Nova, em Nova Lima, pela primeira rodada do Campeonato Mineiro, às 19h30.

Comentários estão fechados.