Larcamón aponta qual será a principal dificuldade do Cruzeiro na Sul-Americana

O Cruzeiro está de volta as competições internacionais após cinco anos, vai disputar a Sul-Americana e vive grande ansiedade para o começo do torneio, que tem data marcada para abril.

Ciente da importância de ir bem na copa, o técnico Nico Larcamón apontou em entrevista qual será a principal dificuldade da equipe no torneio.

A última participação do Cruzeiro em uma competição internacional havia sido em 2019, pela Copa Libertadores, quando o time comandado por Mano Menezes caiu nas oitava de final para o River Plate.

“Eu acho que vai ser a mais difícil da história, com times muitos fortes, inclusives os da Argentina, Racing e Boca, que são times com perfil de Copa Libertadores”, opinou o treinador Celeste.

Com oito grupos de quatro times, a Sul-Americana será a grande meta do Cruzeiro em 2024, que já sofreu baixa importante ao cair na primeira fase da Copa do Brasil.

Também tem grandes times daqui do Brasil. Equador ultimamente que tem boas equipes, que competem muito bem nessa competição. Vai ser uma grande experiência e sinto que vamos ter um grande ano no assunto competição internacional”, completou o treinador argentino.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.