Jornalista manda forte recado a Ronaldo Fenômeno: “Elenco medíocre”

Ronaldo Fenômeno tem sido atacado por todos os lados após a eliminação do Cruzeiro na primeira fase da Copa do Brasil para o Sousa. De fato, a Raposa protagonizou um dos maiores vexames da história do torneio e se despediu precocemente da competição da qual é recordista de títulos. 

Não estava nos planos do Cruzeiro cair na primeira fase da Copa do Brasil. Aliás, na verdade, o objetivo anunciado pela diretoria era chegar pelo menos às oitavas de final, como aconteceu nas últimas edições do torneio mata-mata. 

Jornalista solta o verbo sobre gestão de Ronaldo no Cruzeiro

O colunista Paulo Cobos, da ESPN, escreveu um forte texto após a eliminação do Cruzeiro e fez questão de relembrar uma entrevista de Pedro Martins, diretor de futebol da SAF celeste, ao Globo Esporte (ge), em que o gestor fez um relato sobre o processo de recuperação do clube. 

Na entrevista, Martins projetou o Cruzeiro na primeira prateleira do futebol em 2030. “Acreditamos que até 2030 o Cruzeiro terá a capacidade de ser um dos principais clubes do Brasil novamente no aspecto orçamentário, em dinheiro”, disse, à época. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

De acordo com Paulo Cobos, a estratégia do Cruzeiro em ser prudente no mercado está correta. Mas o gestor terá que ser “realmente Fenômeno para levar seu projeto adiante com as bordoadas esportivas que o time vai levar com um elenco medíocre”. 

A próxima partida do Cruzeiro será neste domingo (25), fora de casa, contra o Pouso Alegre, pela sétima rodada da fase de grupos do Campeonato Mineiro. Uma vitória garante a classificação da Raposa para as semifinais do torneio estadual. 

Comentários estão fechados.