Jornalista famoso manda a real sobre saída de Ronaldo do Cruzeiro

O jornalista Jaeci Carvalho, colunista do jornal Estado de Minas, não perdoou a diretoria do Cruzeiro depois da derrota para o Sousa-PB por 2 a 0, pela primeira fase da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira (21). Em declaração, o comunicador reclamou da falta de atitude da diretoria celeste para evitar que o jogo acontecesse nas condições climáticas péssimas no local do confronto.

Em seu canal no Youtube, Jaeci reclamou da CBF, que permitiu a realização da partida mesmo sem condições no gramado. “É lamentável a CBF marcar o jogo para um pasto desses. Eu entendo que as pessoas da cidade tenham o direito de ver sua equipe jogar, mas isso aí é um crime, a bola não rola, não tem drenagem no gramado. É lamentável o cara ter que levantar a bola e fazer embaixadinha, jogo horroroso, não dá pra tirar nenhuma conclusão tática e técnica porque é disputada em campo de várzea”.

Ainda na declaração, o jornalista reclamou do comportamento passivo da diretoria do Cruzeiro. “Cadê a diretoria do Cruzeiro para falar que aqui não dá para jogar? Isso aqui não é campo, isso é pasto”, disse Jaeci. “Mas o Cruzeiro não tem comando. Esses diretores do Cruzeiro a gente não sabe quem são, eles não têm história no Cruzeiro”, complementou.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

As reclamações chegaram até ao gestor Ronaldo Fenômeno. “Como gestor, ele (Ronaldo) é fraco. Ele é fraco no Valladolid e é fraco no Cruzeiro, ou alguém ainda tem alguma dúvida? Fraquíssimo como gestor, brigou no Brasileiro contra a queda e agora foi eliminado na primeira fase da Copa do Brasil. Ninguém vai apagar esse vexame. Acabou o ano do Cruzeiro”, finalizou.

Comentários estão fechados.