Jogador disposto a sair do Brasil pode mudar de ideia para defender o Cruzeiro

A diretoria do Cruzeiro segue de olho em algumas opções no mercado da bola para reforçar o elenco celeste em 2024. Não custa dizer que, até o momento, cinco jogadores chegaram ao clube mineiro, além, claro, do técnico Larcamón e de sua comissão. 

Os últimos reforços anunciados foram Lucas Romero e Juan Dinenno. Ambos assinaram em definitivo com o Cruzeiro, com vínculo de duas temporadas. Juntos, os dois custaram ao clube cerca de R$ 10 milhões. 

Cruzeiro tenta convencer meia a seguir no Brasil

O fato é que a diretoria está monitorando a situação de Luca Orellano e tenta convencê-lo a permanecer no Brasil para, em seguida, negociar com o Vasco. Contudo, de acordo com os jornalistas Samuel Venâncio e Venê Casagrande, o atleta argentino segue irredutível. Isto é, no momento, a negociação é bem complicada. 

Orellano, aliás, sequer fará a pré-temporada com o elenco do Vasco no Uruguai. A pedido do próprio jogador, ele segue no Rio de Janeiro. Contratado no início do ano passado, o meia custou ao clube pouco menos de R$ 16 milhões. Contudo, não correspondeu ao valor. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para se ter uma ideia, disputou apenas 23 jogos com as cores da camisa do Vasco, marcou um gol e anotou uma assistência. No ano anterior, pelo Vélez, da Argentina, foram 50 jogos, com quatro tentos e quatro passes decisivos.

Ainda em tempo, vale a lembrança de que, recentemente, o nome de Orellano chegou a ser envolvido em uma eventual troca com o atacante Wesley, que também não conseguiu se encontrar com a camisa do Cruzeiro. 

Comentários estão fechados.