Informação confirmada pelo presidente do Galo deixa torcida do Cruzeiro revoltada

A torcida do Cruzeiro não ficou nenhum um pouco contente com o que disse Sérgio Coelho, presidente do Atlético-MG. Em recente entrevista, o gestor confirmou uma informação que já vinha sendo ventilada nos bastidores do futebol, mas que agora é definitiva. 

A saber, os próximos clássicos entre Cruzeiro e Atlético serão com torcida única. De acordo com Sérgio, a decisão foi tomada em comum acordo entre os clubes e começa a valer já no sábado, 3 de fevereiro, quando as equipes se enfrentam na Arena MRV, às 19h30, em jogo da terceira rodada do Campeonato Mineiro. 

Ou seja, o clássico deste final de semana contará apenas com a torcida do Atlético. Ainda segundo o presidente do Galo, o acordo para torcida única será mantido nos confrontos futuros entre os clubes até 2025, independente da competição.

Representante do Cruzeiro detona o Galo

Vale destacar que detalhes deste acordo não foram divulgados, mas ambas as partes já se manifestaram sobre a decisão. Do lado do Cruzeiro, Gabriel Lima, CEO da SAF celeste, em entrevista à Globo, disse que não quer ver a sua torcida ser maltratada pelo rival.

“Não quero ver a torcida do Cruzeiro ser tratada pior que animal. Aliás, tem animais que são muito bem tratados, e devem ser bem tratados. Não quero ver a torcida do Cruzeiro ser tratada na Arena como foi no último jogo”, explicou. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Não custa lembrar que o último clássico entre Cruzeiro e Atlético-MG ficou manchado por uma série de polêmicas na Arena MRV. Para se ter apenas uma ideia, os torcedores celestes reclamaram da falta de papel higiênico e de portas nos banheiros, especialmente nos femininos. O Galo, por sua vez, alegou que o estádio foi depredado.

Comentários estão fechados.