Ídolo do Galo é criticado por ex: ‘Quer ter um monte de mulher e não dá conta’

O Atlético-MG está vivendo momento positivo na temporada de 2024, vem dando alegrias aos torcedores, mas também está vendo ídolo do clube aprontar no noticiário e virar matéria por prisão por atraso de pensão alimentícia. Jô, campeão da Libertadores em 2023 pela equipe, tá jogando atualmente no Amazonas, que disputa a Série B e foi criticado por ex.

Mãe de um dos filhos do atacante Jô, a modelo Maiara Quiderolly, de 26 anos, fez um desabafo nas redes sociais. Em declaração, Maiara reclamou do comportamento do jogador, que tem inúmeros filhos, mas não vem arcando com a responsabilidades nos pagamentos de pensões.

“Eu vou atrás dos direitos do meu filho, sim, como todas as mães deveriam fazer. Se não é resolvido de maneira civilizada com o genitor, vai para a Justiça e acabou. Não tiro a razão, faço o mesmo se necessário. Não é envolvido comigo, não é uma situação me envolvendo, ao contrário do que muitas pessoas pregam por aí, que eu sou o problema. Eu não sou a única, o problema não está em mim, está na irresponsabilidade de quem quer ter um monte de mulher e não da conta. Quer ter um monte de mulher, um monte de filho, arque com isso”, afirmou no Instagram.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Jô foi preso em Campinas, na última segunda-feira (7), antes da partida entre o Amazonas e a Ponte Preta, pela Série B. O atacante tem oito filhos, sendo seis frutos de relacionamentos fora do casamento. Pelo Galo foi campeão da Libertadores em 2023, fazendo grande dupla com Ronaldinho Gaúcho.

Comentários estão fechados.