Ídolo do Cruzeiro avalia o que pode acontecer entre Neymar e Dorival na Seleção

Dorival Júnior assume de imediato o comando técnico da Seleção Brasileira, após deixar o São Paulo. O treinador terá compromissos importantes pela frente. Para se ter uma ideia, o Brasil disputará pelo menos 12 jogos em 2024, incluindo amistosos, as Eliminatórias da Copa do Mundo e, claro, a Copa América, que acontecerá nos Estados Unidos. 

De antemão, vale destacar que a estreia de Dorival na Seleção Brasileira será no dia 23 de março, quando o Brasil enfrentará a Inglaterra, no mítico Wembley, em Londres. No dia 26, será a vez de encarar a Espanha, no Santiago Bernabéu, em Madri. 

É importante dizer que Dorival não contará com Neymar para nenhuma das partidas acima citadas. O camisa 10 da Seleção Brasileira segue se recuperando da lesão no joelho e deve voltar a campo apenas no segundo semestre deste ano. 

Ídolo do Cruzeiro comenta sobre desavença entre Dorival e Neymar

Dorival e Neymar devem se reencontrar na Seleção Brasileira após a grande polêmica entre ambos em 2010, quando estavam no Santos. Naquele ano, durante uma partida contra o Atlético-GO, a então promessa da Vila quebrou a hierarquia do time e causou um tremendo bate-boca.

Neymar perdeu a compostura quando Dorival pediu para Marcel bater o pênalti. O atacante discutiu com o técnico em campo e a briga seguiu no vestiário. O treinador pediu punição ao astro, o Santos não aceitou e a polêmica causou a demissão do técnico.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Muita coisa se passou de lá para cá e, certamente, isso ficou no passado. Ídolo do Cruzeiro, o ex-zagueiro Procopio, um dos maiores da história do clube, deu a sua opinião do que será a relação entre Dorival e Neymar. 

O ex-jogador relembrou um caso ainda mais grave entre ele e Éder, que chegaram às vias de fato, mas que hoje são grandes amigos. 

“Sobre a relação Dorival com Neymar: Só depende deles. Minha briga com Éder foi muito mais séria, nós chegamos às vias de fato nas escadas do vestiário de Madrid durante a excursão do Atlético na Europa. Hoje o tenho como um filho. No futebol tudo pode se você não guarda mágoa”, escreveu.

Comentários estão fechados.