Hulk fala sobre Corinthians e torcedores do Atlético descobrem algo que não sabiam

Não é segredo para ninguém que Hulk é o maior ídolo recente da história do Atlético-MG. No entanto, em entrevista ao GaloCast, o atacante contou algo que poucos torcedores sabiam. A saber, o paraibano teve uma passagem pelo Corinthians e por muito pouco não seguiu a carreira do alvinegro paulista. 

Hulk passou por um período de testes no Corinthians. No entanto, por questões financeiras, deixou o time de forma rápida. Isso porque, um amigo da família do atacante, “Zé do Egito’ o levou para Portugal. Por lá, defendeu a base do Vilanovense.

Hulk abre o jogo e conta porque deixou o Corinthians

De acordo com Hulk, o seu período de testes no Corinthians durou cerca de 15 dias. Porém, o atacante contou que ninguém o procurou para dar uma resposta sobre o seu trabalho. 

“De repente eu estava no Parque São Jorge, onde a gente morava. O Zé do Egito me ligou e falou: ‘Arruma sua mala que vou te buscar’. Eu falei: ‘Tudo bem’. O Zé é um cara que me abraçou quando eu comecei. Ele não é meu empresário atualmente, mas tenho muita gratidão e respeito por ele”, disse. 

Depois de sua passagem por Portugal, Hulk voltou ao Brasil, mas, dessa vez, para atuar no São Paulo. O atacante ficou cerca de seis meses no Tricolor, mas deixou o clube por conta de um desacerto financeiro. 

De acordo com o ídolo atleticano, o São Paulo não quis arcar com R$ 50 mil pedidos pelo empresário para comprar uma casa para a família do jogador na cidade. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O Zé tinha um acordo com o meu pai, que tinha que comprar a casa dos meus pais. Daí, o Zé chegou no pessoal do São Paulo, falou assim: “Para ele ficar no São Paulo, eu preciso de 50 mil reais para poder comprar a casa dos pais dele”. O São Paulo, na época, não quis pagar os 50 mil. Aí ele me levou para o Vitória”, disse. 

Desde 2021, Hulk tem sido uma peça fundamental para o Atlético, acumulando 102 gols e 38 assistências em 193 partidas pelo clube. Vestindo a camisa alvinegra, o jogador ajudou o time a conquistar quatro Campeonatos Mineiros consecutivos (de 2021 a 2024), além de um Campeonato Brasileiro (2021), uma Copa do Brasil (2021) e uma Supercopa do Brasil (2022).

Comentários estão fechados.