Goleiro Dida assumiu nova profissão e seu trabalho até então era desconhecido

Dida construiu uma bonita história no futebol, sendo um dos grandes nomes de sua geração de jogadores. Aliás, há quem diga que ele foi o maior goleiro que já vestiu a camisa celeste, mas sempre em um embate saudável e nostálgico com Fábio. 

Apesar de ter sido ídolo no Cruzeiro, o maior destaque em sua carreira foi no Milan. Por lá, conquistou ao todo sete títulos, incluindo duas Champions League, torneio de clubes mais renomado e prestigiado do mundo. 

Mas, afinal, qual a atual profissão de Dida?

Dentro de campo, Dida sempre foi um jogador discreto. Goleiro de bom posicionamento, ele nunca foi de grandes firulas. Após pendurar as chuteiras, em 2016, manteve a discrição. Tanto assim que pouco se comenta da atual profissão do ex-jogador

Atualmente, Dida trabalha para o Milan, como treinador de goleiros da equipe italiana. Isto é, não abandonou o futebol por completo e nem deixou o clube onde se tornou ídolo. 

Relembre a carreira de Dida

Dida foi um importante nome da Seleção Brasileira. Esteve no elenco campeão do mundo em 2002, e foi titular na Copa do Mundo de 2006. Ao todo, foram 92 convocações para vestir a camisa Amarelinha. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No Cruzeiro, a história não é menos expressiva. Para se ter uma ideia, defendeu as cores do clube em 287 partidas. Conquistou títulos como a Libertadores de 1997, a Copa do Brasil de 1996, uma Copa Ouro e uma Copa Máster, em 1995.

Além disso, no futebol brasileiro, Dida conta com passagens por grandes clubes, tais quais o Grêmio, o Internacional e o Corinthians. Inclusive, foi com a camisa do Colorado que Dida entrou em campo pela última vez no futebol profissional.

Comentários estão fechados.