Goleiro da Seleção Argentina fala demais e entrega segredo para defender tantos pênaltis

A Seleção da Argentina está classificada para a semifinal da Copa América de 2024, disputada nos Estados Unidos, após vencer o Equador nos pênaltis com grande atuação de Dibu Martinéz, que pegou duas cobranças. Com jogo terminado em 1 a 1, os Hermanos confiaram no grande histórico do arqueiro, que mais uma vez correspondeu.

Nas penalidades, Messi foi o primeiro a cobrar e acertou o travessão de cavadinha. Na sequência, Ángel Mena cobrou, e Dibu Martínez voou para fazer a defesa, assim como no pênalti seguinte cobrado por Minda. O goleiro passou confiança aos colegas de time, que acertaram todas as outras cobranças, dando a classificação a Argentina.

Em entrevista após o jogo, Martinéz acabou falando demais e pode ter contado o segredo para conseguir pegar tantos pênaltis. “É uma reputação, as pessoas me veem grande no gol… não sei, é sorte também. Nos pênaltis você pode ser eliminado ou não. Às vezes preciso também [de sorte]. Não, nunca acreditei nisso. Trato sempre de trabalhar. Venho aqui para melhorar e agregar mais coisas ao meu jogo. Só quero que meus companheiros acreditem em mim”, disse o goleiro.

Ao todo, Dibu já defendeu oito cobranças de pênalti em 18 tentativas executadas nas quatro disputas que teve pela seleção argentina. O goleiro teve brilho na última Copa América (2021), sendo decisivo contra a Colômbia nas semifinais, repetiu repetiu o feitos nas vitórias contra a Holanda, nas semis da Copa do Mundo de 2023, e na final histórica contra a França, que culminou no título mundial.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Ele nos dá muita segurança. Estamos muito felizes de tê-lo a nosso lado. Segue demonstrando porque é uma lenda para nossa seleção”, declarou o meio-campista Rodrigo de Paul.

Comentários estão fechados.