Gabriel Verón abre o coração e comenta gestos de indisciplina no Porto

O atacante Gabriel Verón, nova contratação do Cruzeiro para 2024, foi apresentado pelo clube nesta quarta-feira (10) na Toca da Raposa II aos repórteres, onde abriu o coração aos torcedores cruzeirenses e comentou as situações vividas no Porto, de Portugal, clube dono dos seus direitos econômicos.

Emprestado até o final de 2024, Gabriel Verón passou por dificuldades no Porto após sofrer uma série de lesões musculares. Sem espaço no elenco de Sérgio Conceição, o clube português liberou o jogador por empréstimo com opção de compra fixada em 10 milhões de euros (cerca de R$ 57 milhões).

Encarando a vinda ao Cruzeiro como uma oportunidade, Verón afirmou que está vendo a temporada de 2024 como uma chance de recomeçar na carreira. “É um momento, não vou dizer complicado, mas uma nova fase. Pelo fato de ter tido muitas lesões. É um recomeço. Estou feliz de voltar ao Brasil.”, disse o atacante de 21 anos.

Trabalhando a parte física na Toca da Raposa desde o dia 6 de janeiro, Verón revelou que o departamento médico do Cabuloso identificou um déficit muscular que estavam facilitando as lesões. “Estamos fazendo um trabalho especial para não acontecer essas lesões. Isso vai me ajudar bastante. Eu tinha um déficit na coxa, de uma ser mais forte que a outra. Estamos alinhando isso.”, contou Verón.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Negando ter tido casos de indisciplina, o atacante disse não ter nada contra o técnico Sérgio Conceição, comandante do Porto, que não deu oportunidades suficientes ao jogador durante as duas temporadas.

Comentários estão fechados.