Futebol não é um mar de flores e Matheus Pereira também precisou ser cobrado no Cruzeiro

Matheus Pereira é o camisa 10 do Cruzeiro e, atualmente, o grande destaque do Brasileirão. Na noite da última quarta-feira (26), o meio-campista, ainda que sem querer, anotou mais uma assistência em 2024; a Raposa venceu o Athletico por 2 a 0, no Mineirão, com gols de Gabriel Veron e Vitinho. 

Após a partida, ainda na zona mista do estádio, Matheus Pereira recebeu uma pergunta no mínimo curiosa. O camisa 10 foi questionado se precisa cumprir obrigações defensivas no Cruzeiro. Em outras palavras, a questão é se o craque do time precisa marcar. 

Matheus Pereira precisou ouvir puxão de orelha de Seabra

De antemão, vale destacar que, na partida contra o Athletico, Matheus Pereira atuou como um ‘falso 9’, sendo o último homem de ataque do Cruzeiro em diversas ocasiões. Contudo, o camisa 10 revelou que tem sido cobrado por Fernando Seabra por às vezes vacilar na marcação. 

“A gente tem um esquema tático para favorecer todo mundo, não para favorecer o Matheus. Confesso que algumas vezes eu sou cobrado porque largo a marcação. (Seabra) Está me cobrando muito para eu melhorar porque preciso crescer um pouco mais também, ajudar nesse processo defensivo”, contou. 

Porém, é claro que a maior valência de Matheus Pereira está no ataque. Para se ter uma ideia, com mais uma assistência na temporada, o camisa 10 chegou ao décimo passe decisivo no ano em 28 jogos. Além disso, tem seis gols marcados em 2024. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O Cruzeiro voltará a campo no próximo domingo, 30 de junho, às 18h30, para encarar o Flamengo, fora de casa. A partida será válida pela 13ª rodada do Brasileirão e será disputada no Maracanã. Fernando Seabra não poderá contar com o zagueiro Zé Ivaldo para o clássico. A tendência é que Neris seja titular.

Comentários estão fechados.