Fluminense não tem sorte e sofre com o mesmo problema do Cruzeiro

O Fluminense está de bem com a vida depois de vencer a Copa Libertadores e a Recopa nos últimos meses, mas está vendo que não tem tanta sorte e vem sofrendo com o mesmo problema do Cruzeiro. Os dois clubes são as maiores vítimas de Hulk, atacante do Atlético-MG, que está no Galo desde 2021 e marca com frequências nos embates.

No Galo desde 2021, Hulk já marcou sete gols contra o Cruzeiro, mesma quantidade marcada contra o Fluminense. Dois dos marcados contra a Raposa aconteceram nas últimas semanas, na final do Campeonato Mineiro, sendo um na Arena MRV e um no Mineirão. Empilhando títulos no rival, o atacante gosta de marcar gols contra os rivais locais.

  • Cruzeiro e Fluminense — 7 gols (cada)
  • América-MG — 6 gols
  • Caldense — 5 gols

Pelo Atlético, Hulk já conquistou quatros títulos do Campeonato Mineiro (2021, 2022, 2023 e 2024), um Brasileirão (2021), uma Copa do Brasil (2021) e uma Supercopa do Brasil (2022). Aos 37 anos, Hulk virou ídolo do rival e já está em rol seleto de jogadores do Galo, podendo se aposentar no clube nas próximas temporadas.

Cruzeiro tem novo treinador

Depois de demitir Nico Larcamón, o Cruzeiro agiu rápido e fechou a contratação de Fernando Seabra, que estava no sub-23 do RB Bragantino e retorna ao clube após três meses. O treinador estava na categoria sub-20 do Cabuloso e saiu após ficar com o vice-campeonato na Copinha de 2024.

“Fernando Seabra é o novo técnico do Cruzeiro! O treinador retorna ao clube, após uma passagem vitoriosa pela categoria Sub-20 e atuação no time profissional no final da temporada de 2023, garantindo a classificação na Sul-Americana. Seu contrato é válido até o fim de 2024. Seja bem-vindo de volta, professor Seabra!”, divulgou o Cruzeiro.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.