Flamengo não quis saber e aplicou Lei em campo para vencer o Cruzeiro

Cruzeiro e Flamengo se enfrentaram na noite do último domingo (30), no Maracanã, em jogo válido pela 13ª rodada da Série A do Brasileirão. Os donos da casa saíram de campo com a vitória por 2 a 1 e, com o resultado, abriram três pontos de vantagem na liderança do torneio. 

O Flamengo abriu o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, com gol do artilheiro Pedro. O Cruzeiro, por sua vez, buscou o empate aos 38′ da etapa inicial, com um belo chute de Matheus Pereira. 

Flamengo usou a Lei em campo para vencer o Cruzeiro

Na etapa final, o Cruzeiro conseguiu crescer de produção e controlar as ações da partida. Até que o time carioca fez uso da famigerada ‘Lei do Ex’: o zagueiro Fabrício Bruno, revelado pelo Cruzeiro, marcou o gol da vitória, de cabeça, após cobrança de falta em um lance no mínimo polêmico. 

Isso porque, antes da marcação da falta, o zagueiro Neris caiu em campo sentido cãibra; a jogada do gol se desenhou justamente do lado de campo em que o atleta celeste estava no chão, mas o Flamengo não quis saber do fair-play e deu continuidade ao jogo; o juiz não interrompeu. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O fato é que águas passadas não movem moinhos. O Cruzeiro perdeu duas posições na tabela e, com isso, está na 7ª colocação com 20 pontos. Nesta quarta-feira (3), a Raposa voltará a campo para encarar o Criciúma, no Heriberto Hülse.

Para o duelo deste meio de semana, o Cruzeiro contará com a volta do zagueiro Zé Ivaldo, porém, o lateral-direito William será desfalque. 

Comentários estão fechados.