Filho de Robinho se posicionou pela primeira vez após prisão do pai

O atacante Robinho, revelado pelo Santos e com passagem pelo Galo, está preso desde março cumprindo pena de nove anos pelo crime de estupro coletivo cometido contra uma mulher albanesa na Itália em 2013. Após completar um mês encarcerado, o seu filho Robson de Souza Junior quebrou o silêncio e se posicionou pela primeira vez.

Robson de Souza Junior, filho primogênito do ex-jogador, fez homenagem para o pai durante uma partida de futebol válida pelo Campeonato Paulista sub-17. Jogando pelas categorias de base do Santos, o jovem jogador usou camiseta estampada com a foto da família e os dizeres “Deus me deu o melhor pai do mundo”.

Em jogo contra o Jabaquara, Juninho, como é conhecido, marcou o segundo gol e mostrou a camisa homenageando o pai. A partida terminou com vitória do Peixe por 5 a 0. Pelas redes sociais, o jovem publicou imagem nas redes sociais e disse: “Mais uma vitória e mais um gol, graças a Deus! Muito importante essa vitória fora, mostra que nosso trabalho tem sido forte e muito bem feito. Agradeço a Deus e à comissão por cada oportunidade. Dedico mais esse gol à minha família. Seguimos”.

A assessoria de imprensa de Robinho fez uma publicação nas redes sociais, na quarta-feira (18), na qual afirma que o ex-atleta é inocente e teve seus direitos violados. O ex-jogador ainda tenta conseguir a liberdade no Supremo Tribunal Federal (STF).

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Robinho foi detido pela Polícia Federal na cobertura onde morava em Santos, no litoral de São Paulo, no dia 21 de março. A prisão aconteceu após o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidir que ele deveria cumprir, no Brasil, a sentença em regime fechado a qual foi condenado pela Justiça italiana em 2022.

Comentários estão fechados.