Felipão arrumou dor de cabeça enorme após ser derrotado pelo Cruzeiro

O técnico Felipão, do Atlético-MG, está tendo dores de cabeça depois da derrota por 2 a 0 no último sábado (3), pelo Campeonato Mineiro, na Arena MRV. Com gols de Zé Ivaldo e João Pedro, o Cabuloso foi superior e aproveitou oportunidades, colocando em dúvidas ideias do experiente treinador. Em 2024 o Galo disputou três partidas, com duas derrotas e uma vitória.

Podendo estar começando a ter problemas com o vestiário, Felipão vai precisar ter desenvoltura. Após a derrota, o lateral Guilherme Arana abriu o jogo e revelou tristeza pela falta de resultados da equipe em 2024.

“Temos um grupo com muita qualidade, mas temos que nos ajudar. Isso foi conversado entre a gente. Claro que fica um sentimento de tristeza, assim como o torcedor também está chateado, e com razão. Eu, particularmente, sinto bastante nas derrotas, mas também não adianta ficar remoendo. Tenho que trabalhar, assim como meus companheiros. A gente tem que virar a chave. Na fase ruim, a gente tem que colocar a cara, trabalhar e mudar o cenário. Nosso grupo está unido, tem muito campeonato pela frente, a gente tem que ir em busca”, disse o lateral.

Em entrevista recente, o treinador diminuiu os problemas da equipe, afirmando que as questões serão resolvidas com o tempo de treinamento. “Nós vamos fazer o que estamos fazendo. São três jogos, 20 dias de treinos. Nós sabemos que não é o início, mas sim a chegada que vai dizer alguma coisa. Nós temos que continuar trabalhando dentro do que estamos trabalhando. É isso que nós vamos fazer”, disse.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Para finalizar, disse que a derrota fez o mudar de ideias com relação ao estadual. “Não posso te dizer agora o quanto afeta. Posso responder por mim, que afeta bastante e muda algumas ideias que eu tinha sobre Campeonato Mineiro, sobre a classificação e sobre entrar com vantagem na fase final.”, afirmou Scolari.

Comentários estão fechados.