Ex-jogador do Cruzeiro passa vergonha e acaba barrado em festa

Os campeonatos estaduais se encerraram no último final de semana e as federação estão realizando eventos de comemoração. Uma delas foi a Federação Paulista de Futebol (FMF), que promoveu festa no Allianz Parque após o título do Palmeiras e acabou barrando ex-jogador do Cruzeiro, que ficou irritado e ao ser constrangido preferiu ir embora sem dar explicações.

O atacante Dudu, que se recupera de grave lesão no joelho, foi impedido por seguranças de participar da comemoração com os colegas de time dentro do campo. Formado na base do Cruzeiro, Dudu atuou no clube no profissional até 2011, quando foi negociado ao Dynamo Kiev, da Ucrânia. Ídolo do Palmeiras, Dudu foi constrangido e ficou de fora das comemorações.

De acordo com informações do ge, Dudu não conseguiu entrar no gramados para comemorar o título por estar sem credencial. O nome do jogador estava na lista de credenciados, mas não entregaram a ele um documento necessário para entrar em campo e por isso ficou de fora. Funcionários do Palmeiras ofereceram a credencial, mas Dudu não aceitou e foi embora irritado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Sem querer esperar uma solução do caso, Dudu foi embora do Allianz chateado e não participou da entrega das medalhas e recebimento da taça. Aos 32 anos, Dudu joga no Palmeiras desde 2016, tendo rápida saída para o futebol árabe em 2020 e 2021.

Revelado pela Raposa, Dudu disputou apenas 25 jogos pelo clube entre 2009 e 2011. Ele foi vendido ao Dínamo de Kiev, da Ucrânia, por 5 milhões de euros (R$ 11,6 milhões na cotação da época).

Comentários estão fechados.