Ex-Cruzeiro se tornou a 2ª contratação mais cara de rival da Série A

O Cruzeiro viu nesta quinta-feira (27) jogador formado nas categorias de base do clube se tornar a segunda contratação mais cara de adversário da Série A. Observando a situação de perto, o clube mineiro ainda é dono de 25% dos direitos econômicos do jovem e vai lucrar na venda sem fazer nada. Maurício, de 22 anos, foi vendido pelo Internacional ao Palmeiras por mais de R$ 60 milhões.

Maurício foi anunciado pelo Palmeiras na tarde desta quinta (27) com contrato até 2029. A operação total custou 10,5 milhões de euros (R$ 62,1 milhões na cotação atual) aos cofres do Verdão. O Inter vai receber 80% do valor da negociação. O clube adquiriu os direitos da seguinte forma: 45% do Internacional, 25% do Cruzeiro, 5% do Desportivo Brasil e 5% do próprio Maurício.

Com a venda de hoje, o Cruzeiro não tem mais participação nos direitos de Maurício e só poderá lucrar no futuro com o mecanismo de solidariedade da Fifa por ter formado o jogador. A compra foi a segunda mais cara da história do Palmeiras, ficando atrás ainda da compra de Miguel Borja, em 2017, que custou 12 milhões de euros. Veja lista a seguir.

  1. Miguel Borja (2017) – 12 milhões de euros
  2. Mauricio (2024) – 10,5 milhões de euros
  3. Flaco López (2022) – 9,5 milhões de euros
  4. Matías Viña (2020) – 8,36 milhões de euros
  5. Artur (2023) – 8 milhões de euros

O Cruzeiro volta a campo no próximo domingo (30), contra o Flamengo, pela décima terceira rodada do Brasileirão, no Maracanã, às 18h30. A Raposa está na quinta colocação com 20 pontos e vem de vitória por 2 a 0 diante do Athlético-PR.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Comentários estão fechados.