Ex-Cruzeiro ganhou R$ 100 milhões para contratar e já passou dois vexames em 2024

A Série A do Brasileirão está paralisada momentaneamente, no entanto, outros campeonatos nacionais e regionais seguem a todo vapor. No último domingo (26), por exemplo, um ex-nome ligado ao Cruzeiro sofreu o seu segundo vexame no ano. Trata-se de Rogério Ceni, atual treinador do Bahia.

Mesmo com um investimento robusto para a temporada de 2024, quando o clube baiano venceu rivais e anunciou grande reforço, como Jean Lucas e Everton Ribeiro, o Bahia passou duas vergonhas no ano. Para se ter uma ideia, ao todo, o clube investiu cerca de R$ 100 milhões. 

Ex-Cruzeiro, Ceni vive dois vexames em um ano no Bahia

A primeira vergonha passada em 2024, e talvez a mais sentida pelo torcedor, foi a derrota na final do Estadual para o Vitória, que conquistou acesso à Série A no ano passado e, nesta temporada, ainda não venceu na elite nacional.

No domingo, mais um vexame. Dessa vez, o Bahia foi eliminado pelo CRB na semifinal da Copa do Nordeste diante de sua torcida, em Salvador. O jogo terminou empatado por 0 x 0 e o rival se classificou nos pênaltis. A final será contra o Fortaleza

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Após a derrota no final de semana, Rogério Ceni, claro, lamentou o resultado, mas fez questão de dizer que o projeto apresentado pelo Grupo City ao Tricolor é de longo prazo. O treinador ainda afirmou que não foi avisado sobre novos reforços na janela internacional de julho. 

Do lado do Cruzeiro, o clube já anunciou a contratação do goleiro Cássio e trabalha nos bastidores para a chegada de pelo menos mais cinco reforços. A saber, um zagueiro, um primeiro volante, dois atacantes de beirada e um centroavante.

Comentários estão fechados.