Esta com certeza foi a decisão mais polêmica de Larcamón até agora

O técnico Nicolás Larcamón foi contratado para o Cruzeiro no final de dezembro, estreou na última quarta-feira (24) com vitória sobre o Villa Nova por 2 a 1, no Campeonato Mineiro, mas teve decisão polêmica que acabou sendo contestada pelos torcedores cruzeirenses.

Com gols de Dinenno e João Pedro, o Cruzeiro garantiu a vitória, teve bom desempenho em campo, mas decisão do técnico deixou uma dúvida na torcida. No jogo, o treinador colocou o lateral-direito colombiano Helibelton Palacios como zagueiro, fazendo dupla de zaga com Neris. Zé Ivaldo, da posição, foi deixado no banco.

Depois do jogo, o treinador explicou a escolha pelo lateral. “Ele jogava na linha de três na Espanha. Palacios, nesta semana, foi o jogador que mais energia de equipe transmitiu nos trabalhos. Na semana, trabalhou na equipe suplente e competiu. No treinamento mais importante da semana, saiu-se bem”, revelou Larcamón.

Apesar de polêmica, o treinador deixou claro que fez a escolha baseado no desempenho nos treinamentos. Atuando em um esquema novo, Marlon deu entrevista ainda no campo e afirmou que a torcida pode confiar no elenco.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Estamos jogando em um sistema tático novo, chegaram novos jogadores e a gente está implementando uma nova metodologia junto com o Nico (Larcamón). Você não tem esse lastro todo para preparar o time para jogar, mas isso não é desculpa, a gente tinha que vencer e conseguimos vencer”, disse Marlon.

O Cruzeiro volta a neste sábado (27), às 16h30, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, contra o Athletic, pela segunda rodada do Mineiro.

Comentários estão fechados.