Entidade máxima bate o martelo e determina que Ronaldo gaste menos com seu time

O empresário Ronaldo Fenômeno está de bem com a vida no Cruzeiro, mas está tendo problemas na Espanha e recebeu decisão negativa sobre o Real Valladolid. Disputando a segunda divisão espanhola, o clube recebeu notificação da LaLiga, que determinou que R9 gaste menos com a equipe. Nesta terça-feira (20), Laliga definiu os novos limites de gastos com pagamentos a funcionários dos clubes.

Por ter caído para a segunda divisão, o Valladolid teve o seu teto reduzido em 21%. O valor da equipe saiu de 16,629 milhões de euros para 13,066 milhões de euros (R$ 69,7 milhões). Por ter vindo da elite nacional, o Valladolid tem o segundo maior limite da competição, ficando atrás apenas do Elche, que tem limite de 23,854 milhões de euros até o final da temporada.

Comandado por Paulo Pezzolano, o Real Valladolid está tendo dificuldades de conquistar o acesso na Laliga 2, estando na sexta colocação. Na Espanha, apenas os dois primeiros garantem vaga na primeira divisão de imediato. O terceiro lugar disputa um Playoff com o 17° colocação da temporada passada.

Contanto primeira e segunda divisão, o líder em teto salarial é o Real Madrid, com 727,451 milhões de euros, cerca de 3,9 bilhões de reais. As regras de fairplay na Laliga estão vigentes há 11 anos e vem sendo um sucesso para organizar as finanças das equipes, que vinham com muitas dívidas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cruzeiro de olho na Copa do Brasil

O Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira (21), contra o Sousa, da Paraíba, às 19h15, no Antonio Mariz, pela primeira fase da Copa do Brasil. O Cabuloso tem a vantagem de garantir a classificação com o empate.

Comentários estão fechados.