Empresário conhecido no mundo da bola processa filho de Zagallo

Empresário bastante conhecido no mundo da bola, Alexsandro Jannotti, que, dentre outros jogadores, é o responsável por cuidar da carreira do atacante Marinho, moveu uma ação na Justiça contra Mário César Zagallo, o filho mais novo da lenda da Seleção Brasileira. Vale dizer que a informação foi revelada pela coluna do jornalista Ancelmo Gois, do jornal O Globo. 

A acusação afirma que Alexsandro Jannotti, conhecido como Polcao, tem direito a 35% de todos os lucros da Zagallo Sports. Mário César trabalha como empresário no futebol. Apenas na venda de Marinho do Santos para o Flamengo, ele teria recebido R$ 3 milhões. 

Ainda em tempo, vale dizer que Mário cuidou do pai até o fim da vida e ficou com 62,5% da herança de Zagallo, estimada em R$ 15 milhões. O Velho Lobo faleceu no início deste ano, aos 92 anos, por falência múltipla de órgãos.

Filho de Zagallo é acusado de estupro

Mário César Zagallo se envolveu em uma polêmica com a acusação de esturpo apresentada por Fabiane Ribeiro Barbosa, ex-cuidadora do seu pai. O filho do tetracampeão do mundo pela Seleção Brasileira admitiu manter um relacionado extraconjugal com a moça, mas negou tê-la violentado. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

A informação foi noticiada por Leo Dias. De acordo com a fonte, Fabiane foi contratada em 2015 e revelou que, a partir de 2017, Mário César começou a apresentar um “comportamento inadequado”, que evoluiu para um estupro em Angra dos Reis, no final de 2019. 

Mário César negou as acusações de estupro, mas confirmou que teve um relacionamento com a ex-cuidadora de seu pai, alegando que a relação foi consensual e durou aproximadamente cinco anos.

Comentários estão fechados.