Dorival Jr quer fazer as pazes com a torcida: vai convocar dois nomes muito pedidos

Sob o comando de Dorival Jr, a Seleção Brasileira passou um dos grandes vexames da sua história ao ser eliminada precocemente da Copa América. Muito custa lembrar que o Brasil caiu nas quartas de final para o Uruguai. O fato é que o treinador tenta digerir a eliminação traumática. 

De antemão, vale dizer que Dorival tem seis meses no cargo de treinador da Seleção Brasileira e, até o momento, comandou a equipe em oito jogos. Em entrevista ao Globo Esporte (ge), o técnico projetou seu futuro. O Brasil volta a se reunir em setembro, para enfrentar Equador e Paraguai, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2026. 

Dorival Jr comenta sobre futuro da Seleção Brasileira

Durante a entrevista, Dorival Júnior comentou sobre a convocação de dois nomes em específico: Neymar e Estêvão. Ainda que tenha mantido cautela, o treinador destacou que o futuro do projeto do Brasil passa pelos pés dos jogadores. 

Sobre Neymar, não há dúvidas. Assim que o craque estiver 100% recuperado da lesão sofrida em 2023, será convocado. De acordo com Dorival Júnior, a ideia é que o camisa 10 se torne mais uma peça dentro do time e que não precise carregar o piano sozinho nas costas.

“Nós precisamos fazer com que o Neymar tenha tranquilidade para poder jogar dentro das suas melhores condições. Que ele busque ser mais uma peça, naturalmente, porque é um jogador muito importante, diferenciado, acima da média”, analisou. 

Estêvão, por sua vez, tem se apresentado como um dos maiores talentos do Brasil nesta temporada. Não custa lembrar que o meia de apenas 17 anos foi vendido ao Chelsea, mas, na época da convocação para a Copa América, ainda não tinha alcançado o protagonismo com o time principal do Palmeiras

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“O Estevão é um menino que no momento da convocação ainda não era titular do Palmeiras, hoje vive um momento diferente. Todos serão observados, todo jogador brasileiro, em qualquer parte do mundo, vem sendo observado. Nós não paramos. Esse trabalho é um trabalho contínuo”, afirmou Dorival. 

Comentários estão fechados.