Dono do Cruzeiro, Ronaldo se reúne com dirigentes do Atlético em almoço antes do clássico

Apesar da rivalidade dentro de campo, e das confusões entre torcidas na manhã deste domingo. O dono do Cruzeiro, Ronaldo Fenômeno e Rafael Menin, um dos mecenas do Atlético, se reuniram em um almoço, como forma de promover a paz entre as torcidas.

Já no intervalo da partida, ambos comentaram sobre o encontro.

“Futebol é lazer, é diversão, é trazer a família pro estádio pra curtir o jogo. Então, paz no futebol. Passou da hora, em pleno 2022, o mundo com guerra, aqui no Brasil tem que ter paz. O Galo e o Cruzeiro estão fazendo a sua parte. Foi um grande prazer almoçar com o Ronaldo, conversar com ele”, disse Rafael Menin.

“Infelizmente, tem acontecido muito no mundo do futebol isso. Temos que tomar providência. Esse nosso exemplo tem que servir para todos os outros clubes do mundo que tem rivalidade. A gente tem que passar esse exemplo para o torcedor, que precisa entender isso que o Rafael [Menin] falou: a rivalidade é dentro de campo”, relatou Ronaldo.

Briga entre Cruzeiro x Atlético-MG

Antes do clássico, torcidas organizadas de ambas as equipes, protagonizaram cenas de violência nas ruas de Belo Horizonte, capital de Minas Gerais.

O ex-jogador e agora gestor do Cruzeiro, Ronaldo, comentou sobre o ocorrido.

“Esse jogo incrível que a gente tá vendo. É uma disputa de bola, duelo. Fora de campo tem que ter o máximo respeito. Vamos fazer um movimento para que a legislação contra esses bandidos, porque não são torcedores esses que brigam pela cidade, cumpram a legislação criminal e o torcedor que quer brigar tem que ser punido e tem que estar na cadeia que é o lugar dele. Temos diferenças e temos que respeitar todos nós essas diferenças”

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.