Dinenno chega no Cruzeiro com velha rixa para resolver

O atacante Juan Ignacio Dinenno, novo reforço do Cruzeiro para a temporada de 2024, chegou em Belo Horizonte na semana passada e vem trabalhando com o grupo de jogadores, mas tem uma velha rixa no Brasil para resolver. Pouco conhecido no país, o jogador de 29 anos é a grande esperanças de gols da nação celeste para esse ano.

De olho na artilharia do Brasil em 2024, Dinenno vai precisar superar velho conhecido dos tempos de Colômbia. O atacante brigou para superar Germán Cano, atualmente no Fluminense, para ser o máximo goleador em 2019, mas perdeu a disputar para o atacante do Tricolor Carioca. Cano foi o artilheiro do Brasil em 2022 e 2023.

Naquele ano, Dinenno marcou 27 gols em 55 partidas, recorde da carreira, atuando pelo Deportivo Calo, mas não superou o argentino do Flu, que marcou 41 gols pelo Independente Medellin. Cano foi o artilheiro das duas fases do campeonato colombiano na temporada, Apertura e Clausura.

No Apertura, que é disputado no primeiro semestre, Cano marcou 21 gols, contra 15 de Dinenno. No Clausura, que foi disputado no segundo semestre, Cano marcou 13 gols, contra 11 de Dinenno. O bom desempenho dos dois gerou interesse dos clubes brasileiros, que sondaram os atacantes. Cano foi contratado pelo Vasco, quando Dinenno foi sondado pelo São Paulo, mas não foi contratado.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

No Pumas, do México, antes de vir para o Cruzeiro, Dinenno marcou 60 gols em 149 jogos e foi artilheiro da Liga dos Campeões da Concacaf de 2022. Aos 29 anos, o argentino deve ser anunciado oficialmente pelo Cabuloso nos próximos dias.

Comentários estão fechados.