Destaque na copinha, Victor Diniz não ficará no Cruzeiro

Após Ronaldo Fenômeno se tornar novo gestor do Cruzeiro em dezembro do ano passado, com a compra de 90% das ações da SAF por R$400 milhões, sua equipe tem realizado diversos cortes na folha salarial.

Com o ideal da redução de custos, a nova gestão da Raposa optou por não permanecer com Victor Diniz, meia que se destacou na Copa São Paulo de Futebol Júnior, com a camisa celeste.

Na equipe eliminada pelo São Paulo nas quartas de final, Denivys, Geovane, Matheus Vieira, Victor Diniz e Paulinho estouraram a idade de sub-20 e podem subir para o profissional do Cruzeiro. Os dois primeiros também tiveram grande destaque, e ganharam chances com Paulo Pezzolano no Campeonato Mineiro.

Já Victor Diniz, um dos melhores da equipe, estava emprestado para o time até o dia 31 de janeiro. O jovem atleta possui vínculo com o Paysandu, com contrato até o final de 2022.

O contrato de empréstimo de Victor Diniz com o Cruzeiro tinha a opção de compra por R$ 500 mil. O clube mineiro mesmo optando por liberar o atleta, ainda tem o direito de 20% de vitrine por uma futura negociação dentro de um período de um ano.

Em entrevista concedida ao GE do Pará, Victor falou sobre a decisão do clube.

“A diretoria (do Cruzeiro) procurou, mas acho que não houve acordo. Até onde eu sei, foi isso. Isso não me entristece, não me deixa abalado, até porque eu quero jogar futebol, seja lá ou aqui. Só quero ser feliz”

Cruzeiro na Copinha

 O Cruzeiro terminou a Primeira Fase como líder do grupo 20, ao todo, a equipe celeste marcou 17 gols, e conseguiu manter uma sólida atuação defensiva, sofrendo apenas um gol durante todo o torneio.

Na Fase de Grupos, a equipe se manteve invicta na competição com 100% de aproveitamento.

A Raposa acabou eliminada pelo São Paulo nas quartas de final. Foi a primeira derrota do clube no torneio, que deu adeus à competição após uma bela campanha comandada por Mário Henrique.

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.