Definida arbitragem para confronto entre Cruzeiro x Fluminense

Um tema que recentemente ganhou destaque no Cruzeiro. Está definida a equipe de arbitragem que comandará o jogo entre Raposa e Tricolor das Laranjeiras pela partida de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. O confronto será realizado nesta terça-feira (12), às 21h, no Mineirão, em Belo Horizonte. 

O dono do apito será Raphael Claus, de São Paulo, árbitro do quadro da FIFA e experiente em duelos importantes. Ele comandará o jogo. Vale lembrar que o paulista será um dos representantes do Brasil na Copa do Mundo do Catar, que será realizada no fim deste ano.

Ao supersticioso, uma boa notícia 

Claus, inclusive, já apitou uma partida do Cruzeiro na atual edição da Copa do Brasil. Ele comandou o jogo de volta da Raposa contra o Remo, pela terceira fase do torneio. Na época, ele foi escalado pela CBF por conta de diversas reclamações da arbitragem na partida de ida. Na ocasião, o Cruzeiro conseguiu reverter a desvantagem de um gol e avançou nos pênaltis. 

Raphael Claus terá ao seu lado dois árbitros auxiliares que também fazem parte do quadro da FIFA. Trata-se de Danilo Manis, assistente, e Daiane Caroline Muniz, que estará no comando do VAR. O outro assistente de campo será Alex Ang Ribeiro, de São Paulo. 

A escalação da equipe foi devido à experiência e a importância do duelo entre Cruzeiro e Fluminense. Além disso, a Raposa passou recentemente por um caso escandaloso envolvendo a arbitragem, no empate da equipe mineira com o Ituano por 1 a 1, no jogo atrasado da 14ª rodada da Série B do Brasileiro.

Para avançar na Copa do Brasil, o Cruzeiro precisará vencer o Fluminense. Um triunfo simples da equipe mineira, isto é, com um gol de diferença, leva a decisão para os pênaltis. Qualquer placar mais elástico favorável à Raposa garante a classificação em tempo normal. O Tricolor das Laranjeiras joga com a vantagem do empate. 

Vale lembrar, por fim, que, para a partida, Pezzolano não poderá contar com Neto Moura, que já atuou pelo Mirassol na Copa do Brasil e, desta forma, não pode defender o Cruzeiro, e nem com Geovane Jesus, expulso no duelo de ida. Matheus Bidu ficou de fora do último jogo da Raposa, mas deve voltar contra o Fluminense. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.