Decisão da FIFA deixa o Cruzeiro virado só em dente

O Cruzeiro ficou feliz da vida ao saber de nova decisão da FIFA que entra em vigor nesta semana. Com pausa no calendário nacional com os jogos das seleções, o Cruzeiro terá 15 dias de descanso sem partidas e vai usar o período para se preparar, já que após a pausa o time terá nove partidas em 30 dias.

Depois de vencer à Tombense na semifinal do Campeonato Mineiro por 3 a 1, o Cruzeiro só volta a campo no dia 30 de março, na primeira partida da final do estadual contra o Atlético-MG. Por causa do calendário, o elenco foi liberado pela comissão técnica na noite de sábado e só retorna as atividades na quarta-feira (20).

Com tempo para planejar o calendário, o Cruzeiro vai usar o período de folga para organizar a logística da equipe, já que após a pausa terá nove jogos em 30 dias, entre 30 de março e 28 de abril, considerando as datas-bases da fase de grupos da Sul-Americana e das primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro. Com viagens longas, indo à Fortaleza e Salvador, a equipe vai precisar estar 100% para aguentar o tranco.

Depois da pausa, o Cruzeiro só terá uma semana de folga no início de maio, quando o calendário nacional está marcado para a terceira fase da Copa do Brasil. Por já estar eliminado, o time de Nico Larcamón terá folga. Sem pausa do Brasileirão durante a Copa América, o Cabuloso dificilmente terá tempo de preparação e vai precisar otimizar os dias de treinamento sem jogos nessas semanas.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

  • 30/3 – Ida da final do Mineiro
  • 3/4 – 1ª rodada da Sul-Americana
  • 6/4 – Volta da final do Mineiro
  • 10/4 – 2ª rodada da Sul-Americana
  • 14/4 – 1ª rodada do Brasileirão, contra o Botafogo
  • 17/4 – 2ª rodada do Brasileirão, contra o Fortaleza
  • 21/4 – 3ª rodada do Brasileirão, contra o Atlético-MG
  • 24/4 – 3ª rodada da Sul-Americana
  • 28/4 – 4ª rodada do Brasileirão, contra o Vitória

Comentários estão fechados.