Daniel Alves recebe a pior notícia possível sobre o tempo que ficará preso

O lateral-direito Daniel Alves, que está preso em Barcelona, na Espanha, desde o começo de 2023, recebeu a pior notícia possível nesta segunda-feira (4) sobre o tempo que ficará em cárcere. Acusado de agredir sexualmente uma mulher dentro de uma boate, o jogador teve sentença divulgada, mas a promotoria espanhola reclamou do tempo e recorreu.

Condenado por 4 anos e 6 meses acusado de assédio sexual, Daniel Alves pode ficar mais tempo na prisão. O Ministério Público espanhol contestou o tempo de prisão dado ao jogador, que teve pena reduzida após pagar 150 mil euros à vítima. De acordo com o jornal espanhol El Mundo, o MP avaliou não ser “adequado” que a possibilidade do pagamento tenha sido dada ao ex-jogador.

Ainda de acordo com o jornal, o MP entende e vai pedir a anulação do chamado “atenuante de reparação de dano”. A sentença final, após pedido do Ministério Público, ainda não foi divulgada pela juíza, mas deve sair nos próximos dias. A defesa da vítima queria condenação de 12 anos, tempo máximo previsto para o crime na Espanha, enquanto a procuradoria do caso pediu 9 anos para o lateral.

Advogada da vítima, Ester García, contou como serão os próximos passos para conseguiram aumento da pena de Daniel Alves. “Estamos um pouco preocupados que se transmita à sociedade que pessoas que possam ter uma melhor capacidade econômica possam ter a sua pena reduzida se puderem contribuir com uma quantia significativa”, disse a advogada.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Para mim, essa é uma pena baixa. Neste tribunal, são tratados muitos casos de violência sexual e é a pena mais baixa que tivemos em mais de 20 anos”, afirmou à jurista.

Comentários estão fechados.