Daniel Alves é chamado às pressas para voltar ao Tribunal e pode ser liberado esta semana

O lateral-direito Daniel Alves, que disputou as Copas do Mundo de 2010, 2014 e 2022 pela Seleção Brasileira, está preso em Barcelona desde o começo de 2023 de agredir sexualmente uma mulher dentro de uma boate em dezembro de 2022, aguarda decisão da justiça em julgamento e foi chamas às pressas para voltar ao Tribunal. Esperando reviravolta no caso, o jogador pode ser liberado ainda esta semana.

Daniel Alves e as partes envolvidas no processo de acusação foram convocados a comparecer ao Tribunal de Barcelona nesta quinta-feira (22) para que o jogador receba o resultado decidido em sentença, que pode condena-lo por até 12 anos de prisão. Além da condenação, Daniel também pode receber o pedido de liberdade condicional, que estão sendo pedidos pela sua defesa. A justiça espanhola já negou o pedido em quatro oportunidades. 

Daniel Alves pode pegar até 12 anos de prisão, pena máxima para crimes do tipo na Espanha. Aos 40 anos, Daniel atuou por Bahia, Sevilla, Barcelona, Juventus, PSG, São Paulo e Pumas. Com mais de 40 títulos na carreira futebolística, o jogador está preso  no Centro Penitenciário Brians 2, nos arredores de Barcelona, na Espanha.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Cruzeiro de olho na Copa do Brasil

Querendo conquistar a Copa do Brasil pela sétima vez, o Cruzeiro volta a campo nesta quarta-feira (21), diante do Sousa-PB, no estádio Antonio Mariz, às 19h15, pela primeira fase do torneio, com transmissão do SporTV e do Premiere. Campeão seis vezes, o Cabuloso levou o troféu em 1993, 1996, 2000, 2003, 2017 e 2018.

Comentários estão fechados.