Time do Cruzeiro. Foto: Staff/Reprodução.

Cruzeiro tenta encerrar “freguesia” contra CRB na Série B 2022

Desde que foi rebaixado para a Série B do Campeonato Brasileiro, no fatídico ano de 2019, o Cruzeiro vive um sombrio pesadelo diante do CRB. Ao todo, a equipe celeste enfrentou o clube alagoano por seis oportunidades, e nunca saiu com a vitória. 

No entanto, nesta quarta-feira (08), o Cruzeiro terá a chance de quebrar essa retrospectiva desfavorável. Embalado pela liderança isolada da competição, o clube mineiro entra em campo às 19h diante de sua torcida para pôr fim à “freguesia” criada.

Cruzeiro freguês do CRB?

Apesar da situação ser hoje completamente diferente, os números indicam que o duelo será acirrado. Em 2020, por exemplo, no primeiro ano do Cruzeiro na Série B, foram dois empates contra o CRB, que eliminou ainda, naquele ano, o time mineiro da Copa do Brasil.

Os resultados tiveram reflexos fora do campo. Após dar adeus à Copa do Brasil, o técnico, à época, Adilson Batista, ficou na corda bamba, tendo sido demitido no jogo seguinte, contra o Coimbra. Pelo Campeonato Brasileiro, o empate sofrido no apagar das luzes do Mineirão custou o posto de Enderson Moreira.

Em 2021, a situação não foi muito diferente. O CRB venceu o Cruzeiro por 4 a 3, em um jogo de reviravoltas, o que aumentou a instabilidade no cargo de Felipe Conceição, que pouco depois foi demitido. 

No jogo do segundo turno do Brasileirão daquele ano, já com Vanderlei Luxemburgo à frente da equipe celeste, a partida terminou com um empate de 0 a 0, em Maceió. 

A fase agora é outra. Em ótimo momento na Série B, o Cruzeiro vem afastando o fantasma da competição e busca encerrar, de uma vez por todas, o pesadelo que o assombra. 

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.