Cruzeiro recebe melhor notícia possível vinda da CBF

O Cruzeiro recebeu uma grande notícia vinda da Confederação Brasileira de Futebol. Aliás, na verdade, a informação é de interesse comum do país. Isso porque a CBF está conversando com a empresa do VAR do Brasileirão para a implantação da linha de impedimento semiautomático, usada, por exemplo, na Copa do Mundo e na Champions League. 

De antemão, vale dizer que a utilização desse mecanismo depende de alguns fatores, como o custo e a capacidade de instalação de infraestrutura em estádios do Brasil.

CBF detalha implantação de nova técnologia do VAR

A empresa responsável pelo VAR no Campeonato Brasileiro é a Hawk-Eye, que também fornece os seus serviços de tecnologia para a FIFA e para a UEFA. A informação foi confirmada por Wilson Seneme, o presidente da comissão de arbitragem na CBF. “A gente está levantando a possibilidade de utilizar. Tirar da mão do humano”, contou. 

Sobre a questão dos custos, vale dizer que, para o pleno funcionamento da tecnologia, seriam necessárias 12 câmeras extras em cada estádio. Além disso, há de se analisar a capacidade dos locais de receberem a infraestrutura. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Apesar disso, Seneme destacou que a linha de impedimento do VAR brasileiro, traçada pelos árbitros, é confiável. De acordo com o presidente da comissão da CBF, não houve nenhum erro da linha nos torneios desta temporada.”Se houve erro, foram dois no ano passado”, disse.

Ainda em tempo, não custa lembrar que o Cruzeiro voltará a campo na tarde do próximo domingo (12), às 16h, para encarar, fora de casa, o Atlético-GO, em jogo da sexta rodada da Série A do Brasileirão. 

Comentários estão fechados.