Cruzeiro precisou de apenas R$ 1 milhão para contratar coringa do meio-campo

O Cruzeiro dá os seus últimos passos na janela de transferências do futebol brasileiro, que se encerrará nesta quinta-feira, 7 de março. Vale destacar que a diretoria ainda espera fazer mais uma contratação. No entanto, precisa correr contra o tempo. 

O objetivo do Cruzeiro é encontrar um atacante de beirada no mercado da bola, que atue especialmente pelo lado direito de campo. Isso porque, no momento, Nicolás Larcamón conta apenas com Robert como atleta de origem da posição. 

Por outro lado, o clube já confirmou a chegada de nove reforços neste primeiro semestre de 2024. De um modo geral, pode-se dizer que a diretoria subiu o nível de suas contratações e conseguiu montar um time e um elenco mais forte para a temporada. 

Cruzeiro investiu R$ 1 milhão e trouxe jogador que todo técnico quer ter

O último reforço anunciado pelo Cruzeiro foi o meia-atacante argentino Álvaro Barreal. O atleta assinou por empréstimo de uma temporada com a Raposa, com opção de compra ao final do vínculo. Ele estava no Cincinnati, dos Estados Unidos. De acordo com informações do Globo Esporte (ge), o clube mineiro vai pagar cerca de R$ 1 milhão pela cessão do atleta. A opção de compra é na ordem de R$ 20 milhões.

Nicolás Larcamón foi questionado sobre como usará Barreal no Cruzeiro. O técnico afirmou que enxerga o atleta atuando pelo lado esquerdo de campo, mas que pode utilizá-lo em outras funções no meio. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

“Ele tem uma técnica e uma compreensão do jogo que pode fazer algumas outras funções e eu acho que ele pode trabalhar de meia perfil invertido, até que ele pode trabalhar como um volante na zona central da construção. E fazer com um perfil canhoto”, disse.

Ainda em tempo, vale dizer que o Cruzeiro está na semifinal do Campeonato Mineiro e enfrentará o Tombense no próximo final de semana. A tendência é que Álvaro Barreal seja regularizado pelo clube até lá. 

Comentários estão fechados.